Feeds:
Posts
Comments

AES is the most important algorithm used today for crypto. You may not see it, but it is everywhere.

For those that need to understand in a quick overview AES this image is for you :)

aesflow

References:

[1] EXPANDkey image

[2] AES shiftrows

[3] AES Subbytes

[4] AES MixColumns 

GDB, aquela ferramenta mágica dos tempos da graduação. Onde os bugs apareciam exatamente no dia de entregar os trabalhos. Só ele ajudava a salvar nas horas de desespero.

Descreveria o GDB da seguinte forma:

GDB, ferramenta mágica vinda do reino dos Gnus. Usada para debugar além do alcance. Isso mesmo, a espada do Lion foi forjada em GDB. Capaz de te mostrar todos os detalhes do seu programa/executável. O Neo? Ele enxergava tudo em GDB.

Então, você achava que o GDB e o Valgrind eram tudo na vida, até se deperar com o –tui. O tui ou Text User Interface, é, como o nome já diz, uma ferramente que auxília na visualização em texto do seu código em modo debug via gdb. Com ele você pode acompanhar no seu código step by step e até mesmo visualizar multiplas janelas, uma com o código em C e outra em ASM com direito a endereçamento de memória, opcode e tudo que você tem direito.

Como usar? Simples: gdb -tui

gdbtuiCom o comando acima, apenas duas janelas irão aparecer. A do código em C e o shell do gdb. Para abrir a janela que mostra o código em asm: <C-R>+x+2. Para navegar entre janelas <C-R>+x+o (onde <C-R> lê-se Control).

Quer saber mais sobre gdb.

Em todos esses anos trabalhando com TI o padrão continua o mesmo. Existem inúmeras vagas para área e poucas são preenchidas. Também, o quão inúmeras são as vagas são as exigências para preenchê-las. Isso está errado? Não, de  modo algum. É natural que em um mercado onde as coisas tem de ser feitas ontem a experiência e o modelo faz tudo seja o mais procurado. Contudo, embora natural, isso tudo irrita, não apenas a mim, mais muitos outros. Não se valoriza a formação de skills nas empresas hoje dia, querem que tudo já venha pronto e se possível de berço…mas enfim.

O ponto deste post é muito mais sobre essa falha grotesca que algumas empresas, grandes, pequenas, etc, têm. Essa falha em não dar feedback após uma entrevista. Hoje em dia é comum ouvir um “te ligaremos caso você tenha chamado nossa atenção” ou “alguém irá entrar em contato com você caso tenha nos interessado”. É quase um “Somos bons demais pra te dar um feedback justo, curve-se a nós e pensaremos em seu caso”.  Ouvir um não é algo absolutamente comum na vida, não ouvir nada do outro lado é que não ajuda nem educa. De qua adianta passar por um processo longo ou um rápido em uma entrevista se não há feedbacks para que você possa melhorar e se enquadrar melhor no mercado? Como as pessoas poderão se corrigir, aperfeiçoar sem um simples feedback justo?

No lugar do feedback algumas empresas optam por deixar os candidatos no vácuo eterno, esperando ou com razão, já sem esperanças. Algum tempo atrás eu tive até mesmo que enviar três emails seguidos para uma empresa pedindo um feedback. Passei alguns preciosos minutos da minha vida resolvendo um problema e questões pautadas por eles e quanto ao meu feedback *cri cri cri* absolutamente nada. Até hoje espero resposta para o meu último email enviado (claro que nunca terei. Tão pouco incentivarei algum amigo a tentar algo lá).

Não dá feedbacks não é apenas algo que irrita, é algo que não educa e além de não educar, é algo que passa uma péssima impressão da empresa e do sistema de entrevista/contratação. Então, o que dá pra inferir daí? Pra mim, se uma empresa é tão desorganizada no processo de contratação, se ela não te dá feedbacks, então amigo, fuja dela! Porque se antes de entrar é assim, imagina lá dentro.

WebJynx

When you need to deal often with backports is always necessary to see commit shas, but also to know what has into patch from each commit sha found. Doing this in git is doable, but sometimes painful.

What about to have a tool, simple one, as WebJynx ? Imagine you can now just search for a file into your git project. This tool list all commit log for that file. In a tooltip or alt image you can see a short history of this patch and in the right side you can see patch itself.

Yeah. That is what WebJynx do!

It was code in Python+Django. Using also some Jquery and other JS tools.
Take a look:

webjynx

I’ve watched this yesterday and can stop to watch again and laugh a lot of this examples it shows. Of course that as a Pythonist the first thing I do was to try to reproduce some of the weird behaviors I saw there in Python, well till now I did get anyone.

Please take a look on the funniest talk about weirdness in programming languages  what here

I particularly have a  bunch of projects I follow/cloned from git, such as linux-kernel, kexec-tools, and so on. What happens is that I like to be tuned with those projects and their code. Once, twice or many times in a week I get into their git directory and give a pull to grab the freshest code. As I said before, I have a lot of projects I like to follow, digging in code, try to find bugs just for learn, fun and of course collaborate. It’s painful to type a git in all them one by one. So, why not to give a git pull in all them. Yep. That is why I just typed this Python code. A very simple, as Python always do, to exec a git pull in all my git repositories in my specific folder : Study or Collaborate, and so on.

Now I’m sharing it with you, and of course it’s already in my github that you can grab/see here.

How to run this?

$python pygitpull.py YOUR_GITS_DIR

Wait for it drinking a huge cup of coffee and get the new code.

There is long time since I wanted to type some vim plugin, but always I took a look in vim script codes think “oh boy, it’s so ugly script language” and so I lost my interest. Till days ago, when I figure out I could not only use just vim script language but also Python. Now, things becomes interesting.

As a product of my vim script plugin study I’ve decided to type two them. One is using a simple by pass that calls pep8 and check your current py script and you can fix and recheck it again just typing a command: [ESC]:PEP8. You can check its plugin here . The other  I just finished it right now and allows you to in visual mode select a piece of code and send it to the osuosl pastebin. This one you can check here vimpastebin.

As you see bellow, after press F5 in vmode plugins sends the piece of code to pastebin and returns you a beautiful url in bottom.

postpaste

Code is itself explained so I won’t write anything more detailed here about, just give a check there :)

Follow

Get every new post delivered to your Inbox.